Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 20 de maio de 2011

Nos EUA, hormônio do sono vira ingrediente de bolo

A melatonina virou, nos EUA, ingrediente de bolachas e bolinhos que imitam os efeitos calmantes dos brownies de maconha ""e o fazem legalmente, por enquanto.


Com nomes como Lazy Cakes, Kush Cakes e Lulla Pies, esses produtos são vendidos na internet, em farmácias e tabacarias por até US$ 4 a unidade (R$ 6,50).

Embora a FDA (agência reguladora de remédios e alimentos) não aprove o uso do hormônio do sono em comida, os fabricantes divulgam os bolinhos como uma forma inofensiva de relaxar.

Mas esses doces contêm 8 mg de melatonina por unidade. "Assim, fica difícil de o consumidor ter consciência de que está tomando uma droga", afirma Charles Czeisler, especialista em medicina do sono do Hospital Brigham and Women's, de Harvard.

Segundo David Seres, diretor de nutrição médica do Centro Médico Columbia, os consumidores devem consultar um médicos antes de experimentar esses produtos.

Ele lembra que o hormônio pode interferir na eficácia de remédios como pílulas anticoncepcionais e sedativos.

A toxicóloga Anna Rouse Dulaney afirma que grandes doses de melatonina podem causar um efeito de "ressaca" e até levar a problemas respiratórios.

Médicos temem que o sabor de chocolate incentive o consumo indiscriminado dos doces. "Colocar melatonina em comida é uma péssima ideia", diz Czeisler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário